Harmonização facial: Um novo conceito na odontologia.

A odontologia atual vai além do cuidado com os dentes, ela promove o restabelecimento do sorriso em igualdade com os traços faciais.

São procedimentos como preenchimento labial e lifting com fios de sustentação italiano e silhouette, planejados e aplicados para promover a simetria facial, harmonizando os traços e linhas do rosto de acordo com as necessidades de cada pessoa, sem modificar suas características.

Agende uma consulta conosco! (16) 3371-0868

CIPP odontologia, trabalho com inovação e eficiência.

Fios de Sustentação

Os Fios de Sustentação tratam a flacidez da face com efeito de Lifting.

Essa nova técnica surge como uma alternativa antienvelhecimento que promete acabar com rugas, sem cortes e com efeito duradouro.

Desenvolvido pelo médico russo Marlen Sulamanidze, que consiste na colocação de fios de polipropileno de 1 mm nos tecidos profundos da face.

Possui a vantagem de atenuar rugas e suavizar sulcos do rosto, tratar a flacidez do pescoço e levantar as sobrancelhas, de forma extremamente rápida.

O implante dos fios de sustentação é feito ambulatorialmente com anestesia local, sem necessidade de internação. Os fios de polipropileno permanecem na face e seu efeito é duradouro, e depende apenas da velocidade de envelhecimento de cada indivíduo.

Rosto caído nunca mais!

Facetas de porcelana x Lentes de contato

Tanto as facetas de porcelana quanto as lentes de contato dentais têm um poder transformador no sorriso, são indicadas para serem coladas na frente do dente. O que diferencia uma da outra é a necessidade de desgaste dental e a espessura.

As facetas em porcelana são capinhas com sete milímetros de espessura. Elas são cimentadas nas faces frontais dos dentes incisivos centrais para melhorar a aparência do sorriso. É necessário desgastar os dentes para fazer pequenas correções dentárias, além de clarear dentes escurecidos e manchados.

Já as lentes possuem uma diferença no momento da colocação. São capas ultrafinas de cerâmica com cerca de 0,2 a 0,4 mm de espessura, minimamente invasiva, ou seja, com pequeno desgaste ou nenhum desgaste destinadas a branquear os dentes e /ou corrigir a estética.

Ambas corrigem discrepâncias, dentes escurecidos e resistentes ao clareamento dental e fechamento de diastemas (espaços entre os dentes). Servem também para alterar o formato dos dentes e dar maior harmonia ao sorriso.

As duas técnicas são bastante semelhantes e quem optar em fazer uma delas, sairá no lucro com um belo conjunto de dentes.

Os benefícios são rapidez no tratamento, baixa manutenção e longevidade da técnica que costuma durar de 10 a 15 anos.